sexta-feira, 24 de abril de 2020

5 dicas para sua empresa criar conteúdo de marketing na pandemia

As pessoas confinadas em casa estão consumindo mais conteúdo digital, estão gastando mais tempo acessando a Internet. Você pode se aproveitar disso criando conteúdos para elas: vídeos, textos, apresentações, tutoriais e aulas, etc.

Se você estiver podendo vender agora, esse conteúdo que você puser na Internet já ajuda no curto ou médio prazo. Se seu negócio estiver legal, física ou psicologicamente bloqueado pela quarentena, pelo menos você vai se mantendo presente no imaginário da freguesia, para quando puder voltar a vender.

De quebra, se você conseguir criar um mecanismo de produção regular de conteúdo e encontrar uma boa agência (como a Vendere 😃) para ajudá-lo, isso vai ser útil para agora, para a quarentena mais dura e também vai ajudar na abertura gradual que vai se seguir. Bem feito, marketing de conteúdo pode ajudar sua empresa para sempre.

As 5 dicas

1) Lives podem ser uma boa opção
O sucesso das lives - transmissões de vídeo ao vivo pela Internet - tem sido enorme. A Marília Mendonça quase derrubou o Youtube quando mais de 3 milhões de pessoas acessaram simultaneamente a live dela. Deu até notícia no New York Times. Haja sofrência... e há muitos outros exemplos de lives bem sucedidas.

A proliferação das lives nestes tempos de isolamento se deve primeiro ao fato que elas conseguem recriar um pouco da mágica do contato presencial, ao vivo, que as pessoas sentem falta. Segundo, porque o custo de produção é muito baixo. No extremo, tudo o que você precisa para fazer uma live é um celular. E terceiro, por que dá para fazer sem ninguém furar a quarentena.

Porém, as de maior público são as de pessoas que já lotavam estádios antes, como Bruno e Marrone ou Ivete Sangalo. Sua empresa não tem essa audiência prévia. Uma live com audiência pequena já ajuda seu marketing, mas se você quiser tentar alcançar mais gente, pode tentar pelo menos dois caminhos:

a) Ter na sua live alguém famoso. Por exemplo, você conversando com um empresário conhecido, ou com um autor, coach ou palestrante famoso no seu mercado. Você amarra sua canoinha no transatlântico do famoso; e b) Tentar criar um conteúdo muito, muito atraente para seu público . Nisso, as dicas seguintes podem ajudar.

2) Ligue seu conteúdo ao novo Coronavírus
Seja uma live, um vídeo pré-gravado, um texto no blog, um infográfico, uma sequência de slides de power point, ou qualquer outro tipo de conteúdo, ter as palavras "Coronavírus", "Covid-19" ou "Sars-Cov-2" no título e no link aumenta a chance das pessoas quererem ver. É o assunto que as pessoas mais estão preocupadas agora.

No entanto, para alguns negócios vai ser mais fácil e para outros mais difícil, talvez impossível, encontrar uma ligação real entre o que você tem para dizer, seus produtos e serviços e a pandemia. Não adianta você colocar Coronavírus no título, a pessoa clicar e quando ela chegar no seu conteúdo o assunto é outro ou a ligação com a pandemia é meio forçada. A pessoa pode se sentir enganada e ser um tiro no próprio pé do seu marketing.

3) Tente mostrar como seu produto ou serviço pode ajudar economicamente na crise
Depois do risco da doença, a segunda coisa que mais atrai a atenção das pessoas hoje em dia é o risco de perder o emprego ou a empresa falir, na bruta crise econômica que a pandemia está provocando.

Se sua empresa, produtos ou serviços tem alguma possibilidade de contribuir para as pessoas ou outras empresas atravessarem economicamente a crise, esse é um viés que pode ser dado também a qualquer tipo de conteúdo, um enfoque da sua comunicação que vai chamar a atenção

4) Tente abordar problemas provocados pelo confinamento
Uma outra coisa que atrai muito a atenção hoje em dia são as mudanças e agruras provocadas pelo confinamento. Perrengues conjugais, educação e entretenimento das crianças fora da escola, fazer exercícios sem ir à academia, administração e segurança no home office, etc.

Se você encontrar uma ligação razoável, natural, entre sua empresa, produtos ou serviços e o controle ou enfrentamento destas questões, qualquer tipo de conteúdo a este respeito pode provocar mais interesse.

5) Dê boas notícias
Em meio ao bombardeio vindo da mídia com notícias depressivas, se você tiver alguma coisa positiva para contar, pode atrair a atenção de quem está procurando um tico de alívio. E funciona para o seu marketing mesmo que o que você tenha para contar esteja indiretamente ligado à sua empresa, produtos ou serviços.

Vale casos de sucesso técnicos ou econômicos, seus ou de clientes em meio à crise, vale ações beneméritas ou assistenciais suas e ou de seus clientes e qualquer outra informação que dê um pouco de conforto ou esperança.

Gostou do post?
Compartilhe! ↓ →