quarta-feira, 4 de setembro de 2019

No marketing você tem que correr mais que o outro cara

A fábula é antiga mas merece ser recontada aqui:
O avião cai na Savana e só ficam dois sobreviventes. No meio da noite eles ouvem um rugido. Nesse momento, um deles abre a mochila, tira um par de tênis de corrida e começa a calçá-los. O outro sobrevivente fala: — Pra que calçar esses tênis? Você não vai conseguir correr mais que um leão. 
Ao que o primeiro responde:
— Eu não preciso correr mais que o leão. Eu só preciso correr mais do que você.

Essa história exemplar, na nossa opinião, sugere uma reflexão para o marketing. Todo mercado - por definição - é finito. A cada momento, há só um certo número de empresas querendo comprar um software de contabilidade. E só um certo número de pessoas querendo reformar a casa ou trocar de carro. Ou ainda, só um certo número de pessoas querendo clarear os dentes... Goste ou não, você e seus concorrentes estão o tempo inteiro competindo pelos mesmos pedidos. 

A reflexão que nossa história sugere então é: Você está correndo mais que os outros caras que querem pegar o mesmo cheque que você?

Acredite, mas verifique
Nossa sugestão para o empresário, ou executivo responsável pelo marketing, que nos lê é a seguinte: depois de ler este post (e compartilhá-lo nas suas redes sociais 😃) abra o seu site e o de seus concorrentes (tenho certeza que você sabe quem são). Primeiro no seu computador e depois no seu celular (porque tem site que é bom no computador e uma droga no celular e vice-versa). Dê especial atenção aos competidores que você sabe que são maiores que você. Agora, olhando para o seu site e os dos seus concorrentes, diga com sinceridade: É para a sua empresa que você ligaria?

E para evitar o viés do amor paternal, dado que provavelmente foi você que aprovou a criação do seu site e deu pitacos durante a construção, experimente fazer a mesma coisa - comparar os sites no computador e no celular - com outras pessoas dando a opinião delas. Se você e todo mundo acharem que o seu site se destaca positivamente, meus parabéns.

Porém, se o seu site pareceu meio fraco ou desatualizado, quando comparado com os de seus concorrentes, você tem um problemão. Ninguém pensa "o site deles é meio caído, mas a empresa deve ser ótima". É duro e pode não ser verdade, mas o que as pessoas instintivamente pensam é: se o site é pior, a empresa é pior.

Agora as boas notícias
Nessa comparação da sua presença digital com a de um concorrente pode haver coisas a respeito das quais você não pode fazer nada, por exemplo o concorrente tem mais casos de sucesso para mostrar. Ou teve verba para fazer um vídeo com um ator famoso falando bem do produto dele.

Porém, uma boa agência digital (como a Vendere 😃)  pode fazer muito, com trabalho duro e um pequeno orçamento. Cada caso é um caso, mas por exemplo dá para diferenciar no design, dá para apostar em mais informação técnica e sua renovação mais frequente, dá para ir pelo caminho da afetividade e outras estratégias que compensem a vantagem da força bruta que porventura seu concorrente tenha.

O que você não deveria é ficar aí parado. Os outros caras estão correndo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário