sexta-feira, 16 de novembro de 2018

O que é SEO Search Engine Optimization?

SEO - Search Engine Optimization, é um conjunto de técnicas para você tentar fazer o Google dar a resposta que você gostaria, quando as pessoas fizerem uma determinada pesquisa. Por exemplo, se  alguém está pesquisando uma bicicleta para comprar, as técnicas de SEO servem para você tentar fazer o Google colocar o site da sua loja de bicicletas como uma das respostas. E, além disso, tentar fazer o Google mostrar o site da sua loja antes dos sites das lojas concorrentes, na lista de respostas à pesquisa.

Como é que se faz SEO
Fazer SEO portanto, é tentar saber quais são os critérios que o Google usa para escolher as respostas a uma pesquisa e daí alterar seu site para atender esses critérios. Este processo também pode envolver outros sites, se você tiver controle ou influência sobre eles, por que o Google valoriza que sites de terceiros tenham links para o seu.

Porém, um problema nessa história toda de tentar adaptar o seu e outros sites para a pesquisa do Google - que chamamos de fazer SEO - é que o Google só divulga parte dos critérios que usa, na complexa tarefa de escolher e ordenar sites como resposta a uma pesquisa. A maior parte de como ele faz ele não conta.

Tem coisas que são óbvias, como por exemplo o seu site precisa ter informações sobre bicicletas para ser resposta a uma pesquisa sobre bicicletas, mas os exatos fatores que o Google usa para concluir que o site da sua loja de bicicletas deveria ser listado antes do site da loja de seu concorrente não são sabidos. São motivo de especulação de todos os marqueteiros do mundo, que vão tentando descobrir por observação, somada a tentativa e erro.

Mas SEO funciona?
Sim. O próprio Google divulga coisas que ele prefere em sites, por exemplo rapidez. Se todo o resto for igual, o site mais rápido aparece antes na lista de respostas que o site mais lento. Então, se você cuidar para o seu site seguir uma boa lista dos critérios conhecidos de preferência do Google, aumentam as chances de ele ser listado numa posição melhor que um outro site que fale do mesmo assunto e não tenha tido esse cuidado.

No entanto, você tem que ajustar as suas expectativas para os limites do que pode ser obtido com um projeto de SEO. Você mexer no seu site para agradar o Google só ajuda até um certo ponto, principalmente porque a resposta que o Google dá a cada pesquisa é otimizada para a pessoa em particular que está pesquisando, baseado em tudo o que ela pesquisou e navegou no passado. Já o seu site é um só, é impossível ele ser sempre a melhor resposta à imensa diversidade de perfis e históricos pessoais diferentes.

No nosso exemplo do site da loja de bicicletas, faça você o SEO que fizer no site, ele vai se encaixar no perfil e histórico pessoal de algumas pessoas que estão pesquisando por bicicletas mas não vai se encaixar no de outras.


O que fazer então?
Seguem as nossas sugestões para tentar melhorar sua posição nas respostas às pesquisas:

1) Procure tornar seu site uma boa resposta às perguntas dos clientes. Se o Google é muito eficiente em dar uma boa resposta para cada pesquisa, fazer do seu site uma boa resposta às possíveis perguntas dos seus clientes é uma das maneiras mais eficazes de melhorar o posicionamento dele nas listas de respostas.

É trabalhoso, mas se você identificar bem seu público alvo, que informações ele gostaria de ver e daí colocar essas informações no seu site, aumentam suas chances na listagem do Google. De quebra, se a pessoa clicar e for ao seu site, este será mais convincente. Mas não basta colocar uma vez só, é preciso atualizá-las e melhorá-las com frequência, porque a novidade também é valorizada.

2) Aplique no seu site as técnicas de SEO publicadas pelo próprio Google. Nos sites do Google há publicadas uma série de boas práticas , como por exemplo legendar as fotos e garantir uma boa visualização nas telas pequenas de celulares, entre outras. Além disso o Google também tem uma série de ferramentas públicas e gratuitas de análise de sites que podem verificar seu site e sugerir alterações.

3) Desconfie se lhe oferecerem técnicas exclusivas, secretas ou miraculosas que "garantam" uma posição para o seu site. Essas técnicas não só podem desperdiçar o tempo e o dinheiro que você vai gastar nelas, como o Google costuma penalizar quem tenta manipular seus algorítimos de seleção e classificação. Esse puxão de orelha que o Google dá em quem tenta enganá-lo pode ser bem dolorido, o site pode simplesmente ser banido de aparecer nas respostas a pesquisas, por um longo tempo.

4) Lembre-se que seu cliente é uma pessoa, não os robôs do Google. Não adianta o seu site ser o primeiro da resposta de uma pesquisa, daí o cliente clicar no link, mas quando ele chegar no seu site ele não gostar do que vê.  Um exemplo desse conflito: quanto menor e de mais baixa resolução for uma foto, menor é o arquivo e mais rápido é o site, agrada o robô do Google, pode subir o site na lista de respostas. Já um ser humano tem mais chance de querer comprar um produto vendo fotos de boa qualidade dele - arquivos maiores que deixam o site mais lento, pode descer o site na lista de respostas.

5) Considere fazer anúncios pagos. Nos primeiros anos do século 21, quando havia poucos sites de empresas concorrendo em cada segmento de negócios e a própria ideia de SEO - otimizar um site para ser achado pelo Google - era uma novidade, um site um pouco mais otimizado podia fazer uma bruta diferença. Naquela terra de cegos de 2010, quem tinha um olho era rei.

Hoje, há um número gigante de sites concorrendo por cada pequeno nicho de mercado e as boas agências digitais já fazem todos os sites, desde o projeto, embutindo otimizações para ele ser achado pelo Google. Então, na nossa opinião, para aumentar a audiência do seu site, além de uma possível otimização SEO, vale a pena você avaliar fazer campanhas de anúncios pagos, no próprio Google, no Facebook, Instagram ou YouTube.

Nós acreditamos que é sensato você não confiar só no tráfego orgânico - gratuito - que porventura as pesquisas possam trazer ao seu site e se garantir investindo em comprar tráfego com anúncios.


Observação: Tudo que dissemos sobre SEO neste post vale para qualquer site de pesquisa, como Bing, Yahoo, DuckDuckgo, Ask.com, etc. Mas, sendo realista, dada a dominância do Google no mercado de pesquisas, geralmente quem faz SEO o faz tentando agradar o Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário